Traficantes proíbem assalto e avisam: “se for roubado, reclama na boca”

Há não muito tempo, noticiamos aqui a preocupação de algumas facções criminosas com o meio ambiente, ta lembrado? Eis que agora, em Porto de Santana, em Cariacica, no Espírito Santo, um outro grupo de traficantes está proibindo a ação de assaltantes em seus domínios, e alerta seus consumidores: “se for roubado, reclama na boca”.

A droga, segundo o próprio bilhete, seria oriunda do Morro do Quiabo, também na região. O flagra foi feito por um policial, que enviou a imagem ao Gazeta Online e pediu para não ter a identidade revelada. “Enquanto o Estado se torna incompetente em fazer sua obrigação, os traficantes fazem a obrigação do Estado”, refletiu. “A lei são eles. Eles determinam o que pode e o que não pode.”

O mesmo policial ainda ponderou os motivos de tal flagrante, culpando a falência do Estado no setor de segurança pública. “[…] Os índices dos crimes estão descontrolados e há temor da população que no momento não pode contar com a segurança do Estado”.

Escrito por Roberta