Falso médico é preso em Minas Gerais depois de atuar por 7 anos

Depois de 7 anos contratado pela prefeitura de São Francisco de Sales, um homem de 43 anos foi preso por falsidade ideológica e exercício ilegal de medicina. O caso foi descoberto porque o verdadeiro médico estranhou o valor de rendimentos indicado pela Justiça. Preocupado, ele pesquisou seu próprio nome na internet e descobriu que ganhava R$ 36 mil da prefeitura de São Francisco de Sales, mesmo não trabalhando lá.

Daí em diante, o médico começou a levantar dados sobre o impostor e denunciou junto a Central de Flagrantes de BH. Em ação da polícia militar, o impostor foi preso em flagrante enquanto atendia a emergência do hospital. Ele ainda tentou mentir, mas depois assumiu o crime.

O homem afirmou que estudou medicina na Bolívia, mas que não teve dinheiro para formalizar a documentação e por isso recorreu ao crime para conseguir o dinheiro.

O caso segue para a polícia civil que continuará as investigações, enquanto o homem espera em liberdade.