Depois de exagerar no álcool, jovem vai do MS ao PR de táxi

O estudante Lucas Cruz, de 21 anos, assustou familiares quando sumiu depois de uma festa. Na ocasião, o rapaz saiu sozinho da casa de shows em que estava depois que brigou com a namorada. Sozinho, ele foi em direção a rodoviária para viajar para a casa da avó.

O problema é que Lucas estava em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, e sua avó mora em Londrina, no Paraná. Depois de descartar a viagem de Ônibus, que só seria possível na noite seguinte, o rapaz começou a perguntar para vários taxistas se eles topavam a aventura. Até que finalmente um taxista aceitou.

A viagem de 650km durou cerca de 8 horas. Período em que a família do rapaz já temia o pior, isso porque a bateria do celular de Lucas zerou. Ao chegar na casa da avó e se dar conta do que tinha acabado de fazer, Lucas publicou uma mensagem em seu facebook tranquilizando parentes.

ms-pr-bebado2

“A bateria do meu celular tinha acabado. E aí eu me perguntei onde eu estava. Acabei indo até o condomínio da minha avó, que ficou feliz quando me viu e quis me matar. Até chorou. Não recomendo a ninguém fazer o que eu fiz”, disse Lucas ao extra.

O taxista que topou essa loucura embolsou R$1,5 mil. Segundo Lucas, o homem teria afirmado que o rapaz “era um anjo em sua vida”, porque já acumulava muitas contas para pagar e, portanto, aquele dinheiro vinha em boa hora.

Escrito por Roberta